Casal viaja 78 países e conta com a ajuda da tecnologia para transformar o sonho em negócio rentável

Segundo uma pesquisa divulgada pela Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), que traçou o perfil de jovens empreendedores em nove cidades do mundo, incluindo Rio de Janeiro e São Paulo, empreender nos próximos anos faz parte dos planos de dois em cada três jovens brasileiros. A maior motivação, que aparece em primeiro lugar na pesquisa (com 76,4%), é a realização de um sonho.

E sem sonhos, realmente, não é possível sair do lugar. Embasados por um desejo e com muita vontade de rodar, o casal Leonardo e Rachel Spencer, ex-funcionários do mercado financeiro, usaram toda a expertise que a profissão os concedeu para fazer um planejamento, que incluía passar dois anos guardando dinheiro e desenhando a rota que seria seguida antes de partir de São Paulo para o mundo. Os dois passaram 43 meses viajando a bordo de um carro, passando por 78 países de cinco continentes. O resultado disso? Palestras no Brasil inteiro, um site de sucesso e quatro livros lançados.

“Sempre gostamos de viajar, mas sempre sentíamos falta de ficar mais tempo nos locais visitados. Paralelo a isso, o desafio de fazer algo dessa magnitude também chamava nossa atenção. Mesmo sendo um casal sem experiência nenhuma, sabíamos que nos organizando e planejando teríamos chances de dar a volta ao mundo de carro”, conta Spencer. Foi então que decidiram pedir demissão e começar a colocar o planejamento em prática.

Portugal

Depois de um tempo na estrada, rodando inúmeros países e conhecendo várias culturas diferentes, o casal percebeu que seu novo estilo vida despertava grande interesse nas pessoas, sucesso esse medido pelas interações nas redes sociais. Foi aí que identificaram a possibilidade de fazer o projeto, chamado de Viajo Logo Existo, uma maneira de se autofinanciar e inspirar pessoas a correr atrás de seus sonhos.

Para Leonardo e Rachel, este nunca foi o objetivo, mas acabou se tornando uma possibilidade viável. “Nunca foi algo planejado, tudo aconteceu de forma orgânica. Conforme aprendíamos a usar as tecnologias, mexer no site, fazíamos algumas pesquisas, fomos testando algumas ações, colhendo feedbacks, ajustando e refinando até o momento que tínhamos alguns produtos lucrativos e interessantes”, contam os dois. “O primeiro passo foi entender o que as pessoas que nos seguiam queriam ver. Uma vez que entendemos um pouco a demanda dos seguidores, ficou mais simples criar algo que gerasse interesse e conversão das pessoas”, complementam.

Equador

Foi então que nasceu a VLT Content, um hub que contempla todas as ações do casal – Além do Viajo Logo Existo, eles criaram outros projetos, como o Mulher na Estrada e o Vendo Minha Foto. “Nele, trabalhamos para oferecer todos os nossos produtos, como consultoria de negócios, palestras, workshops e geração de conteúdo, por exemplo. Estamos, neste momento, focados em realizar toda essa migração”, contam. Paralelo a isso, o casal já deu vida a quatro livros contando sobre as viagens e dando dicas para viajantes – todos eles, claro, escritos na estrada.

Para realizar a todos os projetos, foi essencial contar com apoio tecnológico, afinal, como fazer tantas coisas dentro de um carro, rodando o mundo? Segundo o casal, a Microsoft foi um apoio fundamental, junto com um dos parceiros, Comparex, para ajuda-los a organizar todos os projetos e transformá-los em uma fonte rentável. “Do ponto de vista remoto, o OneDrive foi fundamental para o Viajo logo Existo – ao longo da viagem, nossos maiores ativos eram as fotografias que tirávamos, foram mais de 100mil e constantemente usávamos a nuvem da Microsoft para proteger nossas memórias”, afirmam.

Patagônia

“Como negócio, quando passamos a usar o Microsoft Dynamics CRM, as coisas ficaram mais fáceis, pois a ferramenta nos ajudou a mapear nossos seguidores e a criar campanhas de e-mail marketing direcionadas e automáticas. E agora, no Brasil, estamos customizando ainda mais as ferramentas e trazendo ainda mais benefícios. Nossos sites também foram migrados para o Azure e isso trouxe mais tranquilidade quanto a qualidade dos servidores, velocidade e entrega”, complementam os agora, empreendedores.

É claro que, para o uso de novas ferramentas é necessário um período de adaptação, como contam a seguir. “O OneDrive é muito simples de configurar e usar, hoje não tem um dia que não estamos compartilhando arquivos ou subindo vídeos e fotos. Já o CRM exige um pouco mais de paciência e ajuda, justamente por ser uma ferramenta muito robusta, por isso, o pessoal da Comparex nos ajudou muito, sempre nos orientando e auxiliando na busca de nossas estratégias”.

Depois de realizar muitos sonhos, o casal planeja ficar um tempo no Brasil, se dedicando ao projeto e levando toda a experiência adquirida na estrada para palestras por todo o país, mas a raiz nômade e empreendedora já está batendo novamente. “No final do ano, pretendemos fazer uma viagem experimental para Noruega, Islândia e Portugal, para testar algumas novas formas de geração de conteúdo”, planejam.

Chile

Para aqueles que desejam realizar um sonho da mesma forma, eles aconselham muito estudo, planejamento e reflexão. “Se você está pensando em mudar de vida, faça isso de forma consciente, muito bem pensada. Sente com pessoas que escolheram seu caminho, trace planos B, C, D – não é simples e muito menos fácil, exige muita resiliência e determinação. Uma vez no seu próprio negócio, ele só dependerá de você, se você não fizer nada, nada acontece”, finalizam.

Participe da conversa

0 Comentários

Deixe uma resposta