Confira os destaques do evento Festival de Inovação e Cultura Empreendedora 2018

No último mês, a Microsoft participou do Festival de Inovação e Cultura Empreendedora 2018, que foi idealizado pelas revistas Pequenas Empresas & Grandes Negócios, Época Negócios e pelo jornal Valor. O evento, voltado para startups e empreendedores, trouxe o cenário ideal para apresentar novas formas de inovar e tornar os negócios mais eficientes e produtivos. Para representar a Microsoft, marcaram presença Thiago Rotta, diretor de Inovação e Transformação Digital, e Franklin Luzes, COO da Microsoft Participações. Os participantes tiveram a oportunidade de aprender mais sobre inteligência artificial e sobre o projeto de Fomentação de Startups no Brasil.

Transformando por meio da Inteligência Artificial

Um ponto importante ao abordar o tema inteligência artificial é compreender a razão pela qual ela se tornou uma tendência nos dias atuais. Quando surge o desejo de simplificar ou otimizar um processo nas empresas, o desenvolvimento tecnológico torna-se um grande aliado, tanto no âmbito pessoal quanto empresarial. Ao longo de sua palestra, Rotta exemplificou várias situações em que a tecnologia surtiu impacto relevante para o mundo, como no caso do desenvolvimento da máquina de escrever para os computadores ou então dos celulares antigos para os novos smartphones, atualmente utilizados.

Thiago Rotta na palestra “Inteligência Artificial para empreendedores”, durante o FICE

O que o uso de toda essa tecnologia resultou em nosso dia a dia? A primeira resposta para essa pergunta é a geração de dados. Segundo Rotta, em um único dia, 45.787,54 viagens no Uber, 154.200 chamadas no Skype, 46.740 fotos postadas no Instagram e 69.444 horas de vídeo assistidas no Netflix. Por isso, a geração de dados passou a ser um insumo fundamental para as empresas. Com essas informações, somos capazes de compreender as necessidades dos potenciais clientes e desenvolver novos negócios, produtos e serviços para atender demandas específicas e que ainda não foram alcançadas.

E o papel da IA nesse panorama é justamente otimizar a captação de dados e identificar padrões e um entendimento nessas informações. Thiago Rotta define IA como “a tecnologia capaz de perceber, aprender e raciocinar para ampliar as capacidades de pessoas e organizações”. Por meio do reconhecimento de imagem, de fala e da interação em linguagem natural, é possível desenvolver várias soluções e novas empresas.

A IA está mudando o mundo que conhecemos. Novas profissões e novas empresas estão surgindo e a necessidade das pessoas está sempre se alterando, pois a tecnologia vai continuar se desenvolvendo e abrindo portas para a humanidade.

Fomento ao Ecossistema de Startups no Brasil

O cenário de startups no Brasil é um assunto intrínseco à missão da Microsoft: “Empoderar cada pessoa e cada organização no planeta a conquistar mais”. Tal missão levou a empresa a desenvolver o projeto de Fomento ao Ecossistema de Startups no Brasil e o Fundo de Capital Semente BR Startups. O principal foco desses dois projetos é aumentar o número dessas empresas inovadoras no país.

“Não basta apenas ser líder de seu segmento, temos que prestar atenção na inovação”, explicou Franklin Luzes, COO da Microsoft Participações, durante sua palestra. As empresas precisam ativamente prestar atenção no cenário em que estão imersas, observando as inovações para não perder o ritmo e acompanhar o desenvolvimento tecnológico, para isso é preciso de investimento. Foi nesse contexto que nasceu o Fundo BR Startups, que se trata do fundo multicorporativo de capital semente do país criado pela Microsoft Brasil. Para ter acesso a esse fundo, as startups precisarão responder a alguns pré-requisitos que são:

  • Ter uma pessoa jurídica já constituída
  • Possuir uma sede no Brasil ou que tenha o Brasil como mercado-alvo
  • Contar com uma receita dos últimos 12 meses menor que R$ 10 milhões
  • Ter registro de pelo menos dois sócios-fundadores 100% dedicados, idealmente CEO e CTO
  • Ter compromisso com governança pautada pela ética, pela transparência, pela sustentabilidade ambiental e pelo desenvolvimento social

Com esses itens aprovados, é possível contar com o apoio financeiro, o know-how e o networking dos oitos investidores que fazem parte do projeto, a Microsoft do Brasil, a Qualcomm Ventures, o Banco Votorantim, a Monsanto Ventures, o BB Seguridade, o Grupo Algar, o ES Ventures e a AgeRio.

Franklin Luzes conversa com reporter e tira duvidas do público durante o evento

Além do apoio a startups, a Microsoft dá suporte ao desenvolvimento de estudantes que queiram adquirir e ampliar o pensamento empreendedor. Por meio do programa Imagine Cup – Copa do Mundo de Tecnologia para estudantes e que transforma projetos acadêmicos em startups – crianças e adolescentes passam a adquirir a noção de negócio e melhoram suas habilidades de programação e de compreensão da tecnologia. Fomentar a inovação é um fenômeno mundial: economias de todas as partes do globo auxiliam as pequenas empresas em seu país a crescer e se desenvolver, pois o surgimento de novos negócios permite que o cenário econômico cresça.

Participe da conversa

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *